Laboratório e Coletas

Horário de funcionamento: : Seg. a Sex: 9:00 as 18:00 hrs - Sábados das 9:00 as 14:00 hrs

  Contato : +55 (11) 4194-1121

coleta-sangue-animal02

Colheita de sangue

Local indicado para coleta de sangue nos animais domésticos:

Eqüinos, bovinos, ovinos, caprinos: veia jugular

t-4(1).gif  t-5.gif  t-6

 

Caninos e felinos: veia jugular, cefálica, femoral ou sanefas

 

t-7  t-8

 

Suínos: veia mamária, jugular e marginal da orelha;

t-11  t-9  t-10

 

Aves: veia braquial e jugular

t-12  t-13.gif  t-14.gif

 

Coelhos: marginal da orelha, cardíaca.

t-15  t-16

 

Passos básicos para uma boa colheita de sangue
– Verificar sempre, antes da coleta, a necessidade ou não de anticoagulante e o anticoagulante a ser utilizado;
– Verifique sempre o volume recomendado de material, para realização de cada exame e procure enviar ema quantidade maior que a necessária, para possíveis repetições ou transtorno no transporte;
– Sempre que necessário depilar a região;
– Realizar assepsia local;
– Fazer garrote ou pressionar com o dedo sobre o vaso sangüíneo que vai ser puncionado. Este garrote não deve demorar;
– Introduzir com firmeza a agulha na pele e depois no vaso sangüíneo. Deve-se tomar cuidado para não estourar a veia levando a formação de hematoma. Imediatamente após penetrar a agulha no vaso deve-se retirar o garrote e aspirar o sangue;
– Retirar a agulha e pressionar com algodão embebido em anti-séptico;
– A manipulação e o acondicionamento do sangue de acordo com o tipo de exame que vai ser feito;
– Realizar a identificação do material coletado.

 

ATENÇÃO:

A “ordem de coleta” recomenda segundo a NCCLS (National Committee for Clinical Laboratory Standard), quando há necessidade de se coletar várias amostras de um mesmo paciente, durante uma mesma punção é a seguinte:

– Tubo para hemocultura (quando houver)
– Tubo sem aditivo (soro)
– Tubo com citrato (coagulação)
– Tubo com heparina (para plasma)
– Tubo com EDTA (hematologia)
– Tubo com fluoreto de sódio (glicemia)

Leia Mais